quarta-feira, 5 de julho de 2017

O Disco Acústico de 2001




  1. Além do Horizonte
  2. As Curvas da Estrada de Santos
  3. Parei Na Contramão
  4. Detalhes
  5. Por Isso Corro Demais
  6. É Proibido Fumar
  7. Todos Estão Surdos
  8. Eu Te Amo Tanto
  9. O Grude (Um do Outro)
  10. Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo
  11. O Calhambeque
  12. É Preciso Saber Viver
  13. Emoções
  14. Jesus Cristo
Corria o ano de 2001 e Roberto tinha lançado no final do ano anterior o disco “Amor Sem Limite”. Por acaso descobri o programa de rádio “As Canções Que Você Fez Pra Mim”, apresentado pelo seu filho Dudu Braga. Se me lembro bem, o programa era por volta das 5 horas da manhã em uma rádio FM. Um dia lá estava eu, deitado, ouvindo o programa de fones de ouvido e ouço falar em Acústico!!! A espera foi grande.
O formato “Acústico” tinha sido plantado com sucesso em 1968, quando Elvis Presley voltava a TV pela NBC com o Comeback Special dirigido pelo Steve Binder. A MTV fez o primeiro Unplugged em 1989. Em 1990 a MTV Brasil também começava com a série “Acústico” com bandas e artistas nacionais. A ideia de Roberto Carlos fazer um programa “Acústico MTV” foi de sua esposa Maria Rita.
O show foi gravado no Rio de Janeiro nos dias 8 e 9 de Maio de 2001 no pólo de cinema no Rio de Janeiro. Aquele ano só se falava em Roberto Carlos na MTV, lembro-me de ter visto naquela época entrevista com a Chris Couto, entrevista essa que procurei por muito tempo se alguém tinha em DVD. Hoje escrevendo essa postagem em 27 de Junho de 2017, pesquisando, descubro que ela está no you tube desde dezembro do ano passado. Grande presente para os fãs.
Mas a queda de braço da Globo com a MTV fez do final do ano de 2001 uma verdadeira novela de expectativa. A MTV não poderia exibir o programa. A Globo até chegou a mandar os maquinários para registrar uma ou outra música do programa, mas a MTV barrou a Globo na porta. O CD saiu, mas o DVD não. As imagens do programa da MTV só seriam reveladas em 2002 no lançamento do DVD, que foi retirado de catálogo rapidamente. Dias antes a MTV colocou uma equipe nas ruas e com Roberto Carlos Acústico tocando e perguntando se as pessoas sabiam de quem era aquela voz e o que achavam do Roberto Carlos gravar um acústico. A Globo tentou “recriar” o Acústico no especial de fim de ano do Roberto. Com tudo isso acontecendo ainda tivemos a chance de ver Roberto lançando o disco no Faustão naquele ano de 2001. Além disso, a MTV lançou o clipe “Todos Estão Surdos”, porém com um ator no centro da cidade.
O disco “Acústico” foi um sucesso de vendas. É um marco importante na carreira do Roberto. Ainda ficaram de fora as canções Olha e Eu Quero Apenas. O show ainda conta com as participações de Tony Bellotto dos Titãs, Samuel Rosa do Skank e Milton Guedes.

2 comentários:

  1. Amigo,

    A canção Debaixo dos caracóis dos seus cabelos também foi gravada, porém não lançada. Sempre imaginei que teríamos repertório para um acústico 2. Mas, como deve ter dado muito trabalho, isso nunca aconteceu. Acho o primeira fila, uma espécie de acústico internacional, embora a proposta seja outra. Deve ter sido o último grande disco dele!

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também pensei nisso, Everaldo. O Acústico merecia sim um Volume 2. Mas infelizmente, né? rs. Mais do que um Volume 2 eu (e mais um monte de amigos nossos) gostaria de ver esses lançamentos pós 1997 em vinil.
      Abraço!

      Excluir