domingo, 20 de outubro de 2013

Roberto Carlos e sua carreira internacional - Parte 1 (Músicas)



Que Roberto Carlos tem um público enorme a gente já sabe. Que ele tem uma maravilhosa carreira artística construída com muito suor, amor, carinho e dedicação desde (peguemos como início da carreira) a sua participação nos Sputiniks, bem, falando da carreira artística, a gente já sabe. Roberto Carlos tem, pelo menos um tema, uma canção que fala exatamente de um período ou uma situação de cada pessoa, o famoso bordão: Roberto fez essa para mim! Quando Roberto cantou em “Detalhes”: “... Você vai lembrar de mim”, estava certíssimo.
Além de tudo isso ele atuou em filmes, os especiais da Rede Globo, as aparições em programas como o Domingão do Faustão, Jô Soares, nos anos 70 no Flávio Cavalcanti, mais recentemente na MTV, nas rádios sempre tem um programa com suas canções. Então, Roberto Carlos é um artista que mesmo quem não gosta, o conhece.

Agora, muitos fãs brasileiros, que tem todos os discos lançados por aqui, não imaginam, ou não sabem é que Roberto tem gravações em espanhol, italiano, francês e inglês. Vamos tentar falar um pouco por vez, pois não dá pra falar tudo em uma única postagem. Hoje vamos falar apenas de algumas músicas gravadas em espanhol desconhecidas do grande público brasileiro. 
Em espanhol, pelo menos para cada disco de sua discografia, no ano seguinte sairia um disco em espanhol até 1993. Algumas músicas como “Quero Paz” na versão em espanhol, apresenta uma diferença na mixagem (volume e equalização da música, graves, médios e agudos). Na versão em espanhol, é possível ouvir um naipe de metais que não se ouve no disco brasileiro. Além disso, existem canções que foram lançadas somente nesses discos. Sendo assim, existem músicas que não conhecíamos por aqui. O mercado latino para Roberto Carlos é muito forte. 

Na década de 90, algumas músicas me tirariam o sono e o sossego.
Um belo dia ouvi falar em “L´Utima Cosa”. A canção era o lado B do compacto Canzone Per Te. Porém quando a ouvi pela primeira vez, minha reação foi algo como: Uau, isso eu não conheço! Até descobrir de que disco ela vinha foi duro. Não tinha internet. Pois ela não foi lançada em nenhum LP da carreira de Roberto. Pelo menos nenhum dos que eu conheça.
Em fita cassete que um amigo me emprestou, uma bela música me chamou atenção, era “Mis Amores”. A canção tinha saído no disco Volver de 1988. Grande alegria foi quando ela saiu no disco anual no Brasil de 1993. Vale lembrar que do mesmo disco Volver fazem parte do time de músicas (desconhecidas de parte do público brasileiro) as canções “Tristes Momentos” e “Si El Amor Se Va”, esta última apareceria no disco nacional no final do ano de 1988.
Do disco em espanhol de 1981 temos a canção “Me Vuelves Loco”.
Outras canções de outros discos como “Una Casita Blanca”, “Adonde Andarás Paloma” ainda me tirariam o sono. Mas, a gente busca daqui, acha dali e poquito a poco vamos conseguindo essas músicas.
Alguns vídeos estão no You Tube.
As canções lançadas em espanhol, os discos foram lançadas no Box Pra Sempre em espanhol em 2007 em dois volumes. Em italiano e Francês por enquanto só através da internet.

Abre las ventanas

rc na Itália 72


Adonde Andarás Paloma

Quero Paz

Quiero Paz

Indo um pouco mais além, mais do que as músicas que muita gente não conhece, muitas capas de discos são desconhecidas do grande público. Normalmente o LP em espanhol, vinha com a mesma capa do disco lançado no Brasil. Mas alguns compactos trazem uma capa diferenciada, muitas vezes da mesma sessão de fotos do disco brasileiro. Isso é o grande trunfo para os colecionadores de Roberto Carlos. Mas esse será assunto para uma próxima e breve postagem.
E Deus abençoe a todos!




2 comentários:

  1. Maravilhosa postagem amigo Enelito,adoro as canções em outros idiomas do Rei,e o disco Canciones que Amo é maravilho.Muy bueno!.abracão e sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Grande visita Antonio, aliás mano, faz tempo que vc não passa por aqui, fiquei hiper feliz. Canciones que Amo é uma obra prima de disco. Aliás, um pouco após o seu lançamento, de bobeira eu via o programa do Raul Gil e como todos sabem, Raul é um dos caras que mais conhece música no Brasil, é das antigas tbm. O Raul cantou uma canção um bolero na volta do intervalo do seu programa, finalizou e disse: Quero dar os parabéns para o Roberto Carlos que gravou um disco só com os boleros que eu adoro cantar.
    Abraço mano.

    ResponderExcluir